domingo, 28 de novembro de 2010

A minha mãe... versão Tony Carreira

A minha mãe é fã do Tony Carreira. Para mim, isso chega.

E eu gosto de a ver feliz.

Resultado: ontem à noite, concerto de Tony Carreira no Pavilhão Atlântico.

Não vou falar do concerto. Não vou falar daquelas fãs que não se calam durante 2 horas e meia. Aquelas fãs que levam o cantor às lágrimas. Sim, algumas são perfeitamente histéricas, outras parece que estão no engate, outras não param de cantar, e outras como a minha mãe, que nem conhece a letras, ficam felizes e emocionadas de o ouvir cantar e por ele ser um tipo humilde, profissional e muito apreciador de todas elas.

Como diz alguém, já sinto saudades. Ainda aqui estou e já sinto saudades...

Da minha mãe

De um Pavilhão Atlântico com 15.000 pessoas dentro, sem qualquer confusão. E sentei-me ali, entre as milhentas fãs, a sentir cada momento, cada cor, e cada emoção da minha mãe.

3 comentários:

  1. As coisas que nós fazemos pelas nossas mães!!

    :)

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  2. Vera,
    para a próxima vais comigo!


    Sutra,
    nem me digas...

    ResponderEliminar